• Facebook
  • Rss
Prefeitura Municipal de Serrinha, BA
 
 

TEL +55 75 3261 8500
EXPEDIENTE ADMINISTRATIVO:
SEG A SEX: 08H ÀS 14H

 
Assessoria de Comunicação

Assessoria de Comunicação

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Com objetivo de deixar Serrinha mais limpa e acessível no trânsito, a Prefeitura iniciou nesta terça-feira (26), uma operação de recolhimento de veículos abandonados. O bairro Vila de Fátima foi o escolhido para o começo do serviço, que executado pela CGTT (Coordenação Geral de Transito e

Transporte), vinculada a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Serviços Públicos, e que na sequência será expandido para todos os bairros da cidade..

Além de incomodar visualmente, os veículos abandonados em ruas e, principalmente, calçadas da cidade ocupam espaço que deveria ser usado pelos pedestres.

Segundo Paulo Adresson, autoridade municipal de Trânsito e Coordenador da CGTT, essa é uma demanda antiga da população e que vem causando inúmeros transtornos, mas que há meses vem buscando junto com o Secretario Hermano Amador, deflagar uma solução e que agora se reflete nessa ação em favor da cidade e seus cidadãos.

Fonte: ASCOM / PMS

O Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Hospital Municipal de Serrinha (HMS) iniciou, na quarta-feira (27), capacitação com a equipe de enfermagem sobre monitorização, intubação e ventilação mecânica de pacientes, com o objetivo de aprimorar a qualidade do serviço prestado ao usuário.

O Núcleo tem como objetivo capacitar a equipe multiprofissional do HMS periodicamente, de acordo com a necessidade dos usuários e em conformidade com o Sistema Único de Saúde.

O NEP é composto pelos profissionais Ana Clívia, enfermeira, coordenadora de enfermagem do HMS e do NEP; Valéria Carvalho, enfermeira coordenadora SAD; Uilza, coordenadora de Nutrição do HMS; Igor, Diretor Médico do HMS; Charlene, coordenadora de Serviço Social do HMS; Adriela, enfermeira CCIH do HMS.

A capacitação, feita no auditório do LACEN, foi conduzida pelo enfermeiro auditor Adriano Magalhães, que fez uma excelente apresentação, mostrando aos presentes a importância de buscarem cada vez mais o aperfeiçoamento no atendimento. É a Prefeitura mudando a saúde de Serrinha cada vez mais para melhor.

A Prefeitura de Serrinha, através da Secretaria Municipal de Agricultura, dá um passo largo em direção à melhoria do rebanho de caprinos e ovinos do município. Um projeto de melhoramento genético do rebanho está em pleno desenvolvimento, totalmente financiando pelo governo municipal.

O projeto de melhoramento genético está na segunda etapa, que é a realização de exames de ultrassom nos animais, assim como a vermifugação e marcação dos animais que receberão a cobertura, com monta natural, com um colar.

As visitas, feitas por técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura, já aconteceram nas comunidades de Maravilha, Serrote, Serra Grande, Cajueiro de Ernesto e Caraíba.

Na próxima semana o trabalho continuará nas demais comunidades cadastradas. “Esse projeto é financiado 100% pela Prefeitura de Serrinha, sem nenhum custo para o criador”, destaca o secretário Silvaney Santiago.

Representantes dos Municípios do Território do Sisal participaram nessa sexta-feira (29) de uma importante reunião em Serrinha. O objetivo foi discutir questões relacionadas à organização da V Conferência Territorial dos Direitos da Pessoa Idosa, que vai acontecer em Serrinha – em data e local a serem definidos.

A organização da reunião esteve a cargo da Secretaria Municipal de Assistência Social de Serrinha. Foi realizada no auditório da faculdade UNOPAR.

Participaram representantes dos seguintes municípios: Serrinha, Barrocas, Biritinga, Ichu, Santa Luz, Valente, São Domingos, Consanção, Coité, Quijingue, Nordestina, Queimadas, Retirolândia, Lamarão, Teofilândia e Tucano.

“Foi um encontro bastante proveitoso. Já avançamos em várias questões relacionadas à organização da Conferência”, destacou a secretária municipal de Assistência Social de Serrinha, Adriana Mello.

A chuva anda não deu uma trégua definitiva e continua caindo em Serrinha. Felizmente não com a mesma fúria da madrugada de sábado passado (23), quando vários bairros e ruas ficaram alagados. Mesmo com a dificuldade gerada pela chuva, as equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura seguem realizando importantes serviços de desobstrução em toda a cidade.

Várias ruas foram limpas e desobstruídas em Vila de Fátima e nos 13, dentre outros locais. Além disso, os funcionários da Seinfra se concentram na limpeza de córregos e esgotos, principalmente, devido à grande quantidade de lixo descartado de forma irregular por algumas pessoas e que impedem o fluxo normal das águas da chuva.

Na região dos condomínios, no bairro Cidade Nova, a Secretaria de Infraestrutura também fez um importante trabalho de limpeza e desobstrução.

“Não vamos parar. Enquanto a situação não se normalizar as equipes da Infraestrutura estarão nas ruas atendendo as demandas. Aproveitamos para pedir que descartem o lixo nos horários e dias corretos, para evitar acúmulo desse material na rede de esgoto da cidade, o que provoca alagamentos”, apela o secretário Misael Cunha Neto.

A chuva que castigou vários bairros e ruas em Serrinha no final de semana passado, deixou um saldo de perdas e sofrimento para várias famílias. Gente que perdeu móveis, eletrodomésticos, roupas e ficaram até sem nada para comer. Mas o serrinhense é solidário e tem ajudado, através da doação de alimentos e roupas, principalmente.

Uma dessas iniciativas partiu da primeira-dama do município, Marcele Lima, juntamente com a sra. Kátia Lomes. Uma campanha voluntária de doação foi lançada esta semana.

E muita gente se sensibilizou e ajudou. Foram arrecadadas dezenas de quilos de alimentos e roupas. Os primeiros resultados dessa ação solidária foram entregues nessa sexta-feira (29), pela manhã.

Um grupo de voluntários, juntamente com Marcele Lima, percorreu vários bairros, entregando os donativos. Foram visitados os seguintes locais: Vila de Fátima, Caseb, Cidade Nova, Rua do Fogo, bairro da Santa e os 13.

A campanha segue, segundo Marcele Lima. “É um momento delicado, de perda e sofrimento para essas famílias. O que estamos fazendo é amenizar esse sofrimento”, salienta Marcele.

Página InicialCidadeAssessoria de Comunicação

Últimas Notícias

Últimas Mídias

FECHAR